quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Má adiministração de antibióticos. Quem erra mais a população ou os médicos?

Acho engraçado como são as coisas neste país.

Olha só o que aconteceu:

Segunda de manhã a Pinguinho acordou, cedo (coisa rara) e foi comigo para a cama. Começou a tossir e acabou vomitando, catarro, ainda vestígio do resfriado da semana passada.
(Só uma obsvervação, ela ficou resfriada, não teve febre e dois dias depois estava ótima).

Tadinha, como ela é super nojenta ficou toda se olhando a falando: Cáca, mamãe...
Tomamos um banho e descemos para tomar café.

Dei a Tête (mamadeira de leite) de costume pela manhã. Disse a ela que ficasse sentadinha no sofá para tomar, para não dar ansia.

Fui preparar meu café.

Ouço ela tossir novamente e começar a chorar.
Acabou vomitando de novo, mas o leite, desta vez.
Limpei tudo e ela pediu mais tête, fiz mais um pouquinho na mamadeira e dei para ela.
Tomou normalmente, mas depois de uma meia hora, vômitou novamente.

Fiquei preocupada, pois ela estava de jejum, não queria água, nem nada, não aceitou o soro caseiro, logo pensei: E se ela desidratar?

Liguei para o pediatra, mas ele não atendia de segunda neste consutório, a Lú, recepcionista, ainda me disse se queria que ele me ligasse, mas achei melhor ir ao PS.

Chegando ao hospital, a médica que nos  atendeu disse que ela estava bem, não estava desidratada, mas com muito catarro no peito e infecção no ouvido (?????), nos dois. (achei bem estranho pois normalmente ela reclama e põe a mãozinha).
Deu dramim para conter o vômito e disse que ela tinha que tomar antibiótico.

Fiquei fula da vida.

Pausa para explicar: Todas as vezes que levei a Pinguinho em algum PS, receitam antibiótico para ela. Sei muito bem que antibiótico é para tratar doenças causadas por bactérias e seu uso discrimindo gera resistência e pode fazer muito mal a sáude. Mas não tem jeito, ela pode estar resfriada e lá vai: Tomar antibiótico!

Ainda questionei com a médica e era necessário, mas disse que não, que precisa pois é melhor e que é normal criança tomar muito antibiótico. (Normal????????????)
Sai do consutório peguei o celular e liguei para o Pediatra para encaixar uma consulta para o dia seguinte.

Na terça, a Pinguinho amanheceu super bem, e passou o resto da segunda muito bem também. Mesmo assim, fomos ao Dr. Paulo.
E, claro, não dei antibiótico nenhum antes de falar com ele.

Advinhem:

Claro que ela não tinha infecção no ouvido. Nas palavras dele: "está tudo limpinho, nem vermelho para poder dizer que pode ser um princípio de infecção"
Tem um pouco de catarro no peito, sim. Mas deu uma solução para ela fazer inalação e soltar o catarro, sem nenhuma necessidade de tomar antibíotico.
(já disse que adoro ele????)

Agora eu me pergunto:

A ANVISA vai regulamentar o controle de antibiótico, restringindo a compra com receita médica.
Quer dizer: as farmacias não poderão mais vender antibiótico sem receita controlada.

Com o controle do uso de antibióticos, evita-se a resistência a eles e o aparecimento de super bactérias, como o surto de  Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase (KPC).

Muito bem.

Mas, quem vai controlar um bando de médico que, para mim, deve viver no século passado e acha que o único medicamento que existe é antibiótico?????????????

Estas coisas me revoltam.
Só para constar: não ponho mais os pés naquele hospital!!!!



"O objetivo da Consulta Pública nº 58/2010, publicada no diário oficial desta sexta-feira (18/10), é ampliar o controle sobre esses produtos e contribuir para a redução da resistência bacteriana na comunidade. “O uso indiscriminado de antibióticos é um problema de saúde pública em todo o mundo. A idéia é que o controle sobre esses medicamentos seja feito de forma mais efetiva, contribuindo para o consumo racional desses produtos”, afirma o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Raposo de Mello.

Entre as mudanças propostas está a exigência da prescrição médica em duas vias: uma fica retida no estabelecimento e a é outra devolvida ao paciente com o carimbo que comprova o atendimento. Até então, bastava apresentar a receita na farmácia ou drogaria para adquirir um antibiótico. As embalagens e bulas também terão que mudar e incluir a seguinte frase: “VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA - SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA".

As medidas valem para mais de 90 substâncias antimicrobianas, que abrangem todos os antibióticos com registro no país. Quatro delas (amoxicilina, azitromicina, cefalexina e sulfametoxazol) terão regras ainda mais rígidas. Além da retenção da receita, as vendas dessas substâncias serão escrituradas, ou seja, as movimentações terão que ser registra das no Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC)."

http://farmacotecnicaaph.blogspot.com/2010/06/noticia-anvisa-recebe-sugestoes-para.html#more 

9 comentários:

  1. Querida, eu ameiiii essa proibição sabia?!Apoiadíssima!

    Tb acho um tremendo absurdo, médicos pediatras de PS adoram dar ATB ao Deus dará p/qualquer coisa. E depois essas super bactérias saem matando jovens e ninguém sabe pq,afff...

    Uma vez minha filha foi no PS tirar um brinco da orelha entalado no furo e passaram ATB. Não dei. Pedro enfiou uma miçanga no nariz e passaram ATB . Tb não dei. Entre outros casos que eu poderia ficar aqui citando...

    Acho corretíssima essa postura do governo!Ainda bem que a pediatra dos meus não é assim,pensa como nós,graças a Deus!

    BjãooOOoo!=)

    ResponderExcluir
  2. Fabi eu acho que esses médicos se formaram em 1900 e guaraná com rolha e nunca mais se atualizaram. Rádio, TV, internet está falando o tempo todo das resistencias das bacterias aos antibióticos e ai vc vai em um PS e o médico receita justamente o dito cujo. QUE COISA!
    Eu nunca dei pra minha filha, pois temia realmente um dia ela precisar de verdade e o tal antibiótico não fazer mais efeito.
    Fez muito bem. E quando eles soltam o catarro ou expelem pela boca mesmo, significa que já está limpando, não precisando mesmo de nada de remédio!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Às vezes eu acho que os médicos usam o antibiótico como prevensão, sabe? Tipo:
    - Já que não tenho muito o que receitar, vamos tascar antibiótico!
    Sou contra dar remédios indiscriminadamente, mas a maioria dos médicos hoje em dia trata o que a criança não tem!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju!
    Concordo com vc! Parece q toda consulta acaba em antibiótico! Credo, q horror, pq quando precisamos de fato eles já ñ fazem efeito.... afff
    Hj mesmo levei a Ana Luiza no médico (q ñ é o pedi oficial) e lá veio a criatira receitando antibiótico... Sinceramente, acho q ñ vou dar ñ, afinal ela nem pediu exame nenhum, como pode ter certeza de q é uma infecção por bactéria?
    Tá apoada colega!
    Abaixo o uso desnecessário de antibiótico!!!
    Bjos na Pinguinho fofa!

    ResponderExcluir
  5. Esse tipo de coisa me deixa louca da vida!! Vc tem toda razão!! Hoje ouvi um papo no cabelereiro, uma manicure falando para a outra que o médico tinha receitado uma semana de antibiótico, mas 3 dias depois a crianças já estava ótima e sem febre, então ela já ia parar de dar o remédio, após o 3o. dia, e aí?? Como faz? É grave, né?!
    Bjos,
    Camila
    www.mamaetaocupada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. A receita de remédios hoje em dia é bastante comum, erroneamente, nem preciso dizer né!

    Antibióticos então! Nem se fala!
    ADORO minha pediatra por conta disso também, ela é estritamente contra medicação sem ser realmente preciso, até luftal para as cólicas de recém-nascido ela diz que não precisa! hehehe

    Espero que vá pra frente essa das restrições de venda dos antibióticos.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Cheguei pelo blog das meninas (Clau, Kah, Ju) e adorei! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Lindona!
    Concordo com vc, toda vez que levo os meus no pronto socorro eles saem com uma receita de antibiotico (sera que é o mesmo hospital?!).
    Um absurdo mesmo, mas tbe tem um outro lado, ja cansei de ver mae dando antibiotico por conta propria, sem prescrição e sem a menor necessidade, um absurdo total.
    Querida, vc pode me escrever?! Ou me mandar seu e-mail?
    Bjks

    http://blogdaclauo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Nossa...tou triste e com raiva....não conhecia o blog...acabei de te achar no google...

    a malu tem 3 anos e meio...tá sem plano de saude, o pediatra do posto de férias, levei no PS, vomitando e febre.;..lá pela primeira vez fizeram um exame na hora...raio x diagnostico catarro no pulmão...médica disse: vou tratar como se fosse pneumonia, mas não é....pode ser aprimeira crise de bronquite da vida dela, mas não tenho certeza, pode ser uma infecção ou gripe mal curada, um processo alérgico, ou algo contagioso... (juro por deus...pode ser tudo isso, segundo a tal pediatra formada) - não contente fui ao posto passar com a médica da manhã, já que o da tarde que atrata desde bbê estava de férias (adoro ele...remédio só se necessário e acredita na amamentação exclusiva sim...e na amamentação prolongada tb!!!!).....


    desculpe acho que escrevi demais já...só para finalizar sai de lá com uma lista de 10 remédios praticamente, inclusive berotec p inalação que ainda não tiove coragem de usar....

    mas na duvida acabei dando o tal antibiotico o qual sou totalmente contra...agora um pneumo colega de meu cunhado viu o tal raio-x e disse: não precisa de antibiotico, mas se tiver tomando continua....

    quero bater nas pediatras...quero jogar o vidro de remédio fora....mas não sei o que fazer...é pior tirar o remédio dela? já tomou 7 doses....

    ResponderExcluir

Adoro comentarios!
Fique a vontade!
Beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...